Pub

Segundo um comunicado enviado à Agência Ecclesia, o Bispo do Funchal e o Cabido da Sé convidam as autoridades regionais e autárquicas, civis e militares, os sacerdotes e membros de institutos de vida consagrada, os católicos e a população madeirense em geral, a participar ou de algum modo associar-se a esta celebração de fé e de esperança.
“Será um momento de expressarmos a nossa solidariedade e profunda comunhão, suplicando a Misericórdia de Deus para aqueles que faleceram, a força da esperança para os seus familiares e a coragem e o ânimo para todos quantos, com determinação, se empenham na reconstrução das suas vidas e na reedificação da Ilha, na sua reconhecida e apreciada beleza”.

A imagem de Nossa Senhora da Conceição, uma das únicas peças salvas que sobrou da completa destruição da capela do Monte, vai estar presente na Sé do Funchal durante a eucaristia em sufrágio de todas as vítimas do temporal, assim como a cruz completamente contorcida pela violência das águas. A diocese afirma serem “sinais de esperança”.

Ecclesia

Pub