Inicio | Cultura | “Eugénia Kraft”: Novo livro do padre Nuno Tovar de Lemos apresentado hoje no Algarve

“Eugénia Kraft”: Novo livro do padre Nuno Tovar de Lemos apresentado hoje no Algarve

Será esta noite apresentado no Algarve o mais recente livro do padre Nuno Tovar de Lemos, membro da comunidade algarvia dos sacerdotes da Companhia de Jesus (jesuítas) e pároco da paróquia de Nossa Senhora do Amparo.

A publicação, intitulada “Eugénia Kraft”, arranca com a notícia desconcertante de alguém, com pouco mais de 40 anos, que está prestes a perder a memória. E isso é o mote para uma longa viagem de encontros e desencontros relatados nas páginas de um diário.

“Tenho sempre dificuldade em responder à pergunta sobre o «tema» do livro. De que trata, afinal? Bem, não sei se há um «tema» mas, na minha cabeça, a Eugénia Kraft trata de sabermos recomeçar, trata da vida quando ela vai a meio e trata sobretudo do difícil encontro entre a fé e a razão. Penso que qualquer bom recomeço na vida tem de partir de um abraço entre a fé e a razão. A razão dá-nos sentido crítico, mas a fé abre-nos o coração a algo maior que nós mesmos. Creio que sem um qualquer destes lados (sem a fé ou sem a razão) a vida fica coxa e arrogante. Mas também estou convencido de que não há abraço entre os dois enquanto cada um não deixar o seu autoconvencimento e mania da superioridade e não aceitar «morrer» um pouco para deixar espaço ao outro”, explica o autor no posfácio.

Sobre a obra, com chancela da Editorial Frente e Verso, editada o mês passado e apresentada no passado dia 8 deste mês na Feira do Livro de Lisboa, o padre Nuno Tovar de Lemos explica ainda ter vários níveis de leitura. “Eugénia Kraft é um livro acerca de recomeços”.

O livro, com 224 páginas, está à venda nas principais livrarias e tem como preço de capa 12 euros e será apresentado hoje às 21h no Centro Paroquial de Nossa Senhora do Amparo, em Portimão.

O padre Nuno Tovar de Lemos, nasceu em Lisboa, em 1960. Licenciou-se em Engenharia Eletrotécnica no Instituto Superior Técnico e em 1984 entrou na Companhia de Jesus. Estudou Teologia nos Estados Unidos (tendo o grau de Master of Divinity pela Weston School of Theology de Cambridge) e na Universidade Gregoriana, em Roma, onde se licenciou em Teologia Fundamental.

Foi ordenado sacerdote em 1995 e durante 20 anos dedicou-se sobretudo à pastoral universitária em Braga, Coimbra, Porto e Lisboa. É autor de “O Príncipe e a Lavadeira – histórias simples para falar de Deus e de nós” e “Textos para Rezar – 24 textos do Evangelho com comentários e sugestões para a oração”.

Está desde 2016 a trabalhar na Diocese do Algarve.

Verifique também

Manuel Baptista mostra 40 anos de produção artística numa exposição em Lisboa

Quarenta anos do trabalho de artes plásticas de Manuel Baptista vai ser alvo de uma …

Folha do Domingo

GRÁTIS
BAIXAR