Pub

Nascido em Almancil, a 2 de janeiro de 1944, Júlio Guerreiro chegou à Câmara Municipal de Loulé no início da década de 80, na qualidade de responsável pela Comissão de Festas, para tomar as rédeas da organização do Carnaval e de muitas outras festividades.

A autarquia de Loulé lembra que, à frente do Serviço de Animação, Júlio Guerreiro “foi protagonista do novo rumo que o corso louletano tomou após a sua profissionalização”. “Foi também responsável pela criação da Festa da Alegria e do Carnaval de verão, pela realização de diversos espetáculos musicais que marcaram a vida da cidade e do concelho, sobretudo nos anos 90, pelo desfile das Marchas Populares de Quarteira e pelo programa das festas da Mãe Soberana”, acrescenta.

Durante a sua vida dedicou-se também ao movimento associativo do concelho, nomeadamente ao ciclismo, que foi uma das suas grandes paixões. Exerceu cargos diretivos em diversas instituições desportivas e recreativas do concelho e da região, com destaque para o Louletano Desportos Clube.

De relevo foi também o seu papel como comunicador e jornalista, tendo colaborado com diversos meios de comunicação social nacionais e regionais, da rádio à imprensa escrita, passando também pela televisão.

“Pelo seu carisma, pela participação ativa na vida comunitária e pelo empenho nas causas em que acreditava, Júlio Guerreiro marcou também a própria história local”, refere a autarquia.

O corpo de Júlio Guerreiro está hoje em câmara ardente, na igreja de Santana, desde as 17h, e amanhã será cremado.

Pub