Pub

Pe_arnaldo_agostinhoFaleceu na madrugada de anteontem (7 de janeiro), no Hospital de Faro, o padre Arnaldo de Sousa Agostinho, de 79 anos de idade, natural de Olhão.

O sacerdote, algarvio mas pertencente à Arquidiocese de Évora, encontrava-se hospitalizado, vítima de AVC (acidente vascular cerebral).

O padre Arnaldo Sousa nasceu a 13 de maio de 1935, tendo sido ordenado a 25 de janeiro de 2001.

Santiago do Escoural foi a última paróquia da Arquidiocese de Évora na qual foi pároco e depois de aposentado regressou a Olhão, onde residia.

O corpo do sacerdote esteve em câmara ardente na igreja da Soledade (popularmente conhecida como igreja pequena) desde o princípio da noite de quarta-feira, tendo seguido ontem para a igreja matriz, onde se realizou a partir das 14.30h a missa exequial do funeral, presidida pelo arcebispo de Évora, D. José Alves, e concelebrada pelo bispo do Algarve, D. Manuel Quintas.

Após a celebração, o féretro seguiu para o cemitério novo de Olhão, onde o corpo do sacerdote foi sepultado.

Pub