Pub

Munidos de sacos gigantes do lixo, luvas, bonés e camisolas com o lema "Faro vai ficar mais limpo", várias centenas de pessoas a pé ou de "segway" (veículo ecológico de duas rodas) ajudaram a recolher lixo na capital algarvia, uma iniciativa da autarquia farense.

Vestido com um fato-macaco azul petróleo e de luvas calçadas, o autarca Macário Correia, que participava na limpeza junto à linha de caminho de ferro de Faro admitiu que a capital algarvia ainda "não é uma cidade exemplar" ao nível da limpeza.

O autarca está convicto, no entanto, que com iniciativas como a de "Faro vai ficar mais limpo", os cidadãos voluntários façam pedagogia para que no futuro, a cidade de Faro seja "reconhecidamente limpa".

"Espero que daqui a algum tempo Faro seja uma cidade limpa, coisa que ainda não é, porque há muitos subúrbios, muitas ruas, muitos arredores que estão conspurcados", declarou o autarca.

A acção de limpeza decorreu hoje numa dezena de locais problemáticos de Faro, e Macário Correia estima que as centenas de pessoas voluntárias envolvidas na iniciativa consigam recolher entre "10 a 15 toneladas de resíduos variados, como latas, plásticos, garrafas e embalagens diversas.

"Há pessoas que quando vão de comboio ou saem de um espectáculo do Teatro Municipal de Faro atiram de tudo para o chão – garrafas, latas, bonés, sapatos – e isso é um gesto que é condenado do ponto de visto de civismo e estamos aqui para chamar a atenção para que as pessoas se comportem melhor", referiu.

Macário Correria acredita que iniciativas de limpezas das cidades são precisas para que a educação ambiental e o civismo seja mais apurado: "se ninguém atirar para o chão as coisas ficam limpas", exclamou.

O núcleo urbano da ilha da Culatra, a linha de caminho de ferro junto ao Teatro Municipal de Faro, o trajecto para a praia de Faro junto ao Aeroporto de Faro, o caminho do Ludo junto à Ria Formosa, o Mercado de Estói, ou o antigo aviário, em Braciais, são alguns dos pontos problemáticos de Faro que foram alvo da acção de limpeza.

A iniciativa contou com a colaboração de associações, clubes desportivos, organizações juvenis, escolas, empresas, entre centenas de outros cidadãos.

Está previsto para o próximo dia 20 de Março de 2010 Portugal promova uma "uma manhã de limpeza do nosso bairro, da nossa cidade, da nossa zona habitacional" e Faro vai participar nesse gesto nacional, informou o presidente da Câmara de Faro.

Pub