Pub

O início da empreitada para requalificar o Parque Ribeirinho prevê-se que arranque entre outubro e dezembro, estima a Sociedade Polis Litoral Ria Formosa, informando que o adjudicatário é a empresa Site Plan/Land Design.

A primeira fase do projeto da requalificação do Parque Ribeirinho de Faro, junto à Ria Formosa, está terminada e a conclusão está prevista para o próximo mês de maio.

A mesma empresa vai também ficar responsável pela requalificação do Parque Ribeirinho do Ludo, cuja data do início da empreitada está agendada para o final de 2011, pois o projeto ainda está em fase de execução.

O programa Polis Ria Formosa prevê também a requalificação do Parque Ribeirinho de Olhão (Poente), cuja conclusão do projeto está prevista para este ano, indica a Sociedade Polis.

O projeto de requalificação urbana do troço entre a Avenida 5 de Outubro e a Avenida 16 de Junho (nascente)deverá estar concluído no próximo mês. A empreitada de requalificação da zona de acostagem e espaço envolvente ao cais de Olhão, só está prevista arrancar no primeiro trimestre de 2011.

As obras de requalificação paisagística da ligação Pedras d’el Rei-Santa Luzia (Tavira) e do percurso pedonal e ciclável Lacém em Manta Rota (Vila real de Santo António) também têm início agendado para o final deste ano, à semelhança do Parque Ribeirinho de Faro.

O programa Polis tem um período de intervenção de 2008 a 2012 e conta com um investimento de 87,5 milhões de euros.

A área de intervenção é em 48 quilómetros de frente costeira e 57 quilómetros de frente lagunar e abrange cinco municípios: Loulé, Faro, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António.

Para o município de Faro está previsto um financiamento total de intervenção na ordem dos 3 150 milhões de euros.

O objetivo principal é proteger e requalificar a zona costeira visando a prevenção de risco e promovendo a conservação da natureza e biodiversidade com uma gestão sustentável.

Lusa

Pub