Pub

Com um crescimento na ordem dos dois dígitos, o Turismo de Portugal acredita ser possível manter o crescimento de 10% na Alemanha, alcançado em 2012, e assim consolidar a posição como um dos mercados que mais procura Portugal para fazer férias.

“Aumentar a oferta de voos diretos para o Algarve e posicionar a região como uma verdadeira e excelente alternativa aos destinos clássicos de inverno, destacando o clima ameno, as excelentes condições de luminosidade”, são alguns dos objetivos do Turismo de Portugal para o mercado alemão, disse à agência Lusa João Sampaio e Castro, responsável desta entidade na Alemanha.

Esta ideia é partilhada pelo diretor geral da TAP Portugal para a Alemanha e Áustria, Carlos Lourenço, que disse à Lusa que um dos desafios da transportadora passa por “reverter [no inverno] a grande sazonalidade que existe para Portugal, em especial para o Algarve”.

Golf, passeios citadinos, turismo de natureza, assim como a segurança e a relação preço e qualidade, são os fatores que mais atraem os alemães a virem a Portugal, admitiu este responsável, salientando que a crise que afeta o país não teve nenhum impacto negativo junto dos turistas alemães.

“A forma como a crise económica tem sido enfrentada em Portugal, continua a ser considerada na Alemanha como exemplar. Esta faceta traz bastante simpatia e solidariedade e os crescimentos registados, não só em 2012, como durante os primeiros quatro meses de 2013, são a plena demonstração do clima positivo como os turistas alemães encaram Portugal”, afirmou Sampaio e Castro.

Em 2012, a Alemanha foi o segundo mercado a gerar mais dormidas em Portugal, atrás do Reino Unido, e o terceiro em número de hóspedes, logo atrás do Reino Unido e Espanha.

De acordo com os números do Instituto Nacional de Estatística sobre o turismo, no ano passado, 10,6% dos turistas que visitaram Portugal provieram da Alemanha.

Os dados recolhidos até abril deste ano mostram que os alemães foram responsáveis por 12,8% das visitas a Portugal e cerca de 17% das dormidas.
Segundo Sampaio e Castro, o Turismo de Portugal tem várias ações previstas em 2013 para dinamizar a imagem de Portugal enquanto destino turístico na Alemanha, como as presenças nas feiras de turismo de Berlim e Frankfurt, formação de agentes de viagem e apresentações em várias cidades alemãs, em parceria com empresas e organismos portugueses ligados ao setor.

Lusa

Pub