Breves
Inicio | Sociedade | Festa de São Gonçalo de Lagos celebra-se no próximo fim de semana

Festa de São Gonçalo de Lagos celebra-se no próximo fim de semana

Imagem de S. Gonçalo em Lagos

Realiza-se no próximo domingo, 27 de outubro, a Festa de São Gonçalo de Lagos naquela cidade.

As celebrações, promovidas pela paróquia de Santa Maria de Lagos em colaboração com o Agrupamento 173 de Lagos do Corpo Nacional de Escutas, terão lugar no Jardim da Constituição, junto à porta e nicho de São Gonçalo.

A missa campal será celebrada pelas 10h30, seguida do cortejo processional pela Avenida dos Descobrimentos, passando pela ponte pedonal da marina, até ao Porto de Lagos (junto à Docapesca) onde será feita a bênção das embarcações.

Lagos comemora também o Dia do Município, celebrado em honra do seu padroeiro. No dia 27 de outubro é, por isso, assinalado o feriado municipal. Este ano, a programação das comemorações tem início no sábado, 26 de outubro, pelas 15h com uma visita guiada, intitulada “Ao Encontro do Tempo e dos Lugares de São Gonçalo de Lagos”, que começará junto do monumento do padroeiro.

Destaque ainda para a inauguração, no mesmo dia, pelas 17h30, da exposição “São Gonçalo de Lagos – Padroeiro de Lagos (n. 1360) e Torres Vedras (f. 1422) – Vida e Obra”, que estará excecionalmente aberta ao público no dia 27 entre as 15 e as 18h, e que ficará patente ao público até 28 de dezembro no edifício dos antigos Paços do Concelho.

No dia 27 de outubro destacam-se também, a partir das 9h30, as iniciativas de caráter protocolar, como o hastear das bandeiras ou a sessão solene, que contará com o momento de entrega de medalhas de mérito municipal, e as de caráter cultural, desportivo e recreativo.

São Gonçalo nasceu em Lagos no ano de 1360. Adotou o sobrenome de Lagos por costume da época entre os frades e entrou no convento dos “agostinhos gracianos”, nome vulgarmente dado, naquele tempo, aos frades da Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho que viviam no convento de Nossa Senhora da Graça, em Lisboa.

Depois de ordenado foi pároco na Lourinhã, Lisboa, Santarém e Torres Vedras, onde veio a falecer no dia 15 de outubro de 1422. Desde esta data, Gonçalo foi aclamado como santo, tendo sido venerado pela população. No entanto, sendo beatificado pelo papa Pio VI em 1778, não chegou até hoje a ser canonizado.

A 27 de outubro celebra-se então a memória facultativa do beato Gonçalo de Lagos, obrigatória na Diocese do Algarve e no Patriarcado de Lisboa.

Verifique também

Cáritas do Algarve assinalou os 50 anos do seu Centro Infantil

A Cáritas Diocesana do Algarve assinalou na passada sexta-feira os 50 anos do seu Centro …