Inicio | Cultura | Festival F leva a Faro três dias de música e concertos com a Ria Formosa como cenário

Festival F leva a Faro três dias de música e concertos com a Ria Formosa como cenário

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A cidade de Faro recebe a sexta edição do Festival F a partir de hoje, com concertos a realizarem-se até na Ria Formosa, e um cartaz que inclui nomes como Ornatos Violeta, Carolina Deslandes, ProfJam e Mayra Andrade.

Até sábado, o Festival F vai trazer à Cidade Velha de Faro dezenas de concertos, espetáculos de comédia, exposições e outras atividades, com destaque para a novidade que são os concertos num barco na Ria Formosa, com Benjamim (hoje), Valter Lobo (sexta-feira) e MoMo (sábado).

O cartaz do festival dedicado à música portuguesa atravessa várias gerações e géneros, desde ProfJam e David Carreira a Bruno Pernadas, Conjunto Corona, Blasted Mechanism, Glockenwise, Mayra Andrade, Amor Electro, António Zambujo, Stone Dead, Capitão Fausto e Carolina Deslandes, entre outros.

A organização realça que este será o último de quatro concertos que os Ornatos Violeta deram para lembrar o disco “O Monstro Precisa de Amigos”, lançado em 1999, e que já foi comemorado em atuações no Marés Vivas, em Gaia, no Alive, em Oeiras, e no Maré de Agosto, em Santa Maria.

As propostas navegam “entre o pop, o rock e o hip-hop”, juntando “artistas consagrados às melhores promessas da música portuguesa atual”, refere a organização.

Outra das novidades é “a resposta a um pedido frequente do público” das edições anteriores, com a criação, pela primeira vez, de uma área restrita de ‘glamping’ no Centro Náutico da Praia de Faro.

No âmbito do festival vai ser também possível visitar exposições nas Galerias Trem e Arco, bem como no Museu Municipal.

Em 2018, de acordo com a organização, perto de 50 mil pessoas passaram pelo Festival F.

O Festival F é uma iniciativa da Câmara Municipal de Faro, do Teatro Municipal de Faro, da Ambifaro e da produtora Sons em Trânsito.

Verifique também

Livro de Patrícia Palma revela rede de bibliotecas religiosas que contribuiu para cultura escrita no século XVIII

A nova publicação da investigadora algarvia Patrícia de Jesus Palma vem desconstruir “a ideia feita …

Folha do Domingo

GRÁTIS
BAIXAR