Breves
Inicio | Cultura | Festival internacional com 15 espetáculos de música erudita no Algarve

Festival internacional com 15 espetáculos de música erudita no Algarve

A edição deste ano do Festival Internacional de Música do Algarve (FIMA) vai levar 15 espetáculos de música erudita a nove localidades algarvias, durante três meses, a partir de 02 de março, anunciou a organização.

O concerto inaugural caberá à soprano portuguesa Elisabete Matos, que se junta à Orquestra Clássica do Sul para interpretar “Os Sons do Destino”, num programa musical marcado por obras de Wagner e Tchaikovsky, no Cineteatro Louletano, em Loulé, a 02 de março.

O FIMA, que vai agora para a sua 33.ª edição, foi criado em 1977 e é um dos mais antigos festivais de música erudita do país, mas teve um interregno entre 2010 e 2017, ano em que foi retomado pela Associação Musical do Algarve.

A programação, que se estende até 24 de maio, conta com as presenças dos violinistas Francesca Dego e Pedro Meireles, da guitarrista Gaelle Solal, do violoncelista Paulo Gaio Lima, dos maestros Martin André e Peter Stark e do ator Diogo Infante.

O concerto “A História do Soldado”, com música de câmara da Orquestra Clássica do Sul e narração de Diogo Infante, está marcado para o dia 18 de maio no grande auditório da Universidade do Algarve, no campus de Gambelas.

O festival terá também concertos com agrupamentos musicais, como o Doppio Ensemble, que atua a 14 de abril no Centro Cultural de Lagos, ou a Orquestra Filarmonia das Beiras, com o concerto “Mendelssohn!”, a 11 de maio, no Cineteatro Louletano.

A 33.ª edição do FIMA contará também com a presença de agrupamentos convidados de países estrangeiros, como o Quarteto Chilingirian, que vai levar música e dança arménia ao Conservatório Regional do Algarve, em Faro, a 21 a abril.

A 12 de maio, o FIMA muda-se para um palco montado na garagem do hotel Conrad Algarve, na Quinta do Lago (Loulé), para o concerto “Underground Wine Melodies” que harmoniza a música clássica e a degustação de vinhos.

O festival encerra a 24 de maio no Teatro Municipal de Faro, com o concerto “As Mil e uma Noites”, de Stravinsky, pela Orquestra Clássica do Sul, dirigida pelo maestro Peter Stark e com a solista Francesca Dego (Itália) no violino.

O preço dos bilhetes varia consoante os espetáculos, com entradas a partir de oito euros.

Verifique também

Monumentos do Algarve batem recorde com cerca de meio milhão de visitas

Os monumentos tutelados pela Direção Regional de Cultura do Algarve registaram de janeiro a novembro …