Pub

“Com uma comparticipação de 1,085 milhões de euros, num total de 1,801 milhões de euros, as quatro empreitadas são a reparação e remodelação do reservatório de água de Martim Longo, a construção de condutas de abastecimento de água a Vaqueiros, a construção de condutas de abastecimento de água a Santa Justa e a construção de uma rede de água residuais domésticas em Martim Longo na Estrada Nacional (E.N.) 124”, precisou a câmara algarvia.

A autarquia explicou que “a necessidade de reparação e remodelação do reservatório de água de Martim Longo deve-se à fraca capacidade de reserva do atual, com 125 metros cúbicos”.

“No âmbito da empreitada, será construído um reservatório apoiado, com 310 metros cúbicos, junto ao reservatório elevado, e feita uma ligação entre os dois. O novo reservatório receberá água do sistema em ‘alta’ das Águas do Algarve S.A., que será conduzida ao reservatório elevado através de uma estação elevatória, a construir também no âmbito desta empreitada”, acrescentou.

Relativamente às condutas de abastecimento de água à aldeia de Vaqueiros, a autarquia adiantou que “prevê a construção de uma conduta adutora entre o reservatório apoiado a construir em Martim Longo e o reservatório apoiado já existente em Vaqueiros”.

“Estes 7513 metros de conduta irão permitir que o abastecimento de água à aldeia passe a ser feito a partir do sistema em ‘alta’ das Águas do Algarve, em detrimento das atuais captações subterrâneas”, disse ainda a câmara, frisando que, “futuramente, esta obra permitirá o abastecimento de água aos empreendimentos turísticos de Finca Rodilhas e Herdade das Ferreiras, previstos, respetivamente, para as freguesias de Martim Longo e Vaqueiros”.

Em Santa Justa, prevê-se a construção de uma conduta adutora com 4306 metros que estabelecerá a ligação entre o reservatório apoiado a construir em Martim Longo e a localidade de Santa Justa para permitir também o abastecimento a partir do sistema em "alta" da empresa Àguas do Algarve.

“A construção de uma rede de águas residuais domésticas em Martim Longo, na E.N. 124, já foi iniciada. A rede de drenagem tem uma extensão de 737 metros e a sua ligação à rede existente é feita através de uma estação elevatória e de uma conduta elevatória com 756 metros de extensão. Esta empreitada serve cerca de 20 habitantes e alguns estabelecimentos comerciais e de restauração localizados na área de intervenção”, disse ainda a câmara de Alcoutim, um dos concelhos mais desertificados do país.

Lusa

Pub