Pub

Avioneta_cessnaA Força Aérea Portuguesa confirmou hoje que a aeronave desparecida desde esta manhã ao largo de Sagres se despenhou, tendo sido já detetados destroços, mas sem ter ainda sido encontrado o único tripulante da avioneta.

Em declarações à agência Lusa, o major Paulo Mineiro adiantou que “já foram encontrados e recolhidos vários destroços” e que “confirma-se que a aeronave se despenhou”, estando agora os esforços centrados na localização do piloto, o único tripulante.

“Trata-se de um indivíduo do sexo masculino, de nacionalidade portuguesa e [de] 74 anos, que havia descolado do Aeródromo de Portimão a bordo de um Cessna”, acrescenta a Força Aérea Portuguesa em comunicado.

Para a zona de operações foi deslocado um helicóptero EH-101 Merlin da Força Aérea, o NRP Centauro e o salva-vidas Diligente da Marinha, além de um veículo da Polícia Marítima e do navio NRP Jacinto Cândido.

O comandante do Porto de Lagos e Sagres, Carvalho Pinto, disse que o alerta para o desaparecimento do Cessna foi dado pelas 11:00, por uma embarcação de pesca que se encontrava a cerca de uma milha e meia a duas milhas a sul do Porto da Baleeira, numa zona de intenso nevoeiro.

Pub