Breves
Inicio | Cultura | Fórum “Pensar Faro”: Diretora de Cultura do Algarve defendeu divulgação do património de civilizações

Fórum “Pensar Faro”: Diretora de Cultura do Algarve defendeu divulgação do património de civilizações

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A diretora regional de Cultura do Algarve defendeu no Fórum “Pensar Faro” que a capital e a região algarvia devem dar a conhecer o património de muitas civilizações que possuem.

Alexandra Gonçalves falava na iniciativa que decorreu nos dias 9 e 10 deste mês na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, promovida pela União de Freguesias de Faro sob o tema “A História e o Património Cultural de Faro”.

Aquela responsável – que abordou na sua conferência, sob o tema “O Património Cultural na valorização Turística de Faro”, as atuais tendências do turismo – concordou com a proposta feita pelo historiador João Pedro Bernardes e lembrou que, para além do período romano “há outros patrimónios, de outros períodos que também são de interesse e que interessa dar a conhecer”. “Simbologias e histórias para contar há imensas”, assegurou.

“Falamos muitas vezes por comparação com a monumentalidade das grandes capitais e esquecemos que temos aquilo que é a maior riqueza que é esta presença de muitas civilizações que foram passando por aqui e que temos uma história muito antiga para contar”, prosseguiu na abordagem que fez à gestão do património cultural, tendo em conta a manutenção, estudo, preservação e a compatibilização de interesses com a realidade turística., bem como os riscos e benefícios do turismo para a cultura local.

O Fórum “Pensar Faro”, enquanto encontro científico e cultural, teve como objetivo “promover o debate em torno de múltiplas questões relacionadas com o passado, o presente e o futuro da capital algarvia”.

Verifique também

Descoberto porto romano com quase dois mil anos na Boca do Rio, em Budens

Uma equipa luso-alemã das Universidades do Algarve e de Marburgo descobriram, em Budens, um porto …