Pub

“Como é importante sabermos animar os outros. Isso causa uma esperança positiva, construtiva, uma esperança que se deve afirmar também na família”, sustentou o sacerdote carmelita, na igreja do Carmo, lamentando que hoje em dia 50% das famílias nacionais não queiram ter nenhum filho. “Um povo que caminha assim é um povo que caminha para a morte e um povo que só vai criar mais problemas”, complementou.

O frei Pedro Bravo lamentou ainda a crise que se vive. “Vivemos num mundo em que a crise é omnipresente. Ela está presente na vida mas querem fazer dela tudo o que parece existir na vida humana e social. Mas, de facto, a crise não é vida, ela sufoca a vida e está sufocando muitas vidas. Não podemos viver bombardeados constantemente só por nuvens negras e densas”, afirmou.

Samuel Mendonça

Pub