Pub

A Fraternidade de Faro da Ordem Franciscana Secular (OFS) celebrou na passada segunda-feira, 2 de março, 25 anos de profissão perpétua de três dos seus membros.

A celebração do jubileu dos irmãos Generosa Simões Delfino, Jorge António Silva e o Rui Patrício Guerreiro foi presidida pelo guardião da Fraternidade Franciscana de Faro, frei José Henriques, da Ordem dos Frades Menores, concelebrada pelos restantes frades daquela fraternidade e também pelo padre Carlos de Aquino, pároco de Loulé, em representação da OFS daquela cidade.

A eucaristia foi também participada pelas irmãs Franciscanas Missionárias de Maria (entre outras comunidades religiosas) e pelos membros das fraternidades algarvias (Faro, Loulé e Tavira) da OFS, para além dos presidentes da Câmara de Faro, Rogério Bacalhau, e da União de Freguesias de Sé e São Pedro de Faro, Bruno Lage.

A OFS é, na Igreja, uma associação pública de fiéis, presente em 72 países com cerca de 430.000 Franciscanos Seculares professos, com forma de vida, chamada Regra, e estatutos aprovados pela Santa Sé e articula-se em fraternidades, de âmbito local, regional, nacional e internacional, “sempre coordenadas e ligadas entre si de forma uníssono e fraternal”.

Pub