Pub

As associações de comerciantes das três regiões, que em conjunto reúnem mais de 55 mil associados, firmaram este mês em Sevilha, Espanha, um protocolo no sentido de criar uma Euro Região na área do comércio.

A solução técnica a adotar para viabilizar o cartão de fidelização está a ser estudada, revelou à Lusa o presidente da Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL), que pensa lançar o cartão no máximo dentro de um ano.

De acordo com João Rosado, as vantagens para os consumidores vão desde a obtenção de descontos diretos à acumulação de pontos que poderão ser trocados pelo pagamento de serviços prestados pela biblioteca ou as piscinas municipais.

“Queremos também envolver as autarquias neste projeto que já está traçado há cerca de dois anos”, referiu, sublinhando que em breve irá também ser lançada uma central de compras transfronteiriça que envolverá as mesmas três regiões.

O objetivo do projeto, que será lançado em Espanha este mês e que nos próximos meses deverá ser alargado a Portugal, é que os associados possam beneficiar de uma maior rentabilidade ao comprarem produtos em conjunto.

A Confederação de Comércio da Andaluzia tem 40.000 associados, a ACRAL 4.000 e a Associação Comercial de Serviços de Turismo do Distrito de Beja 1.500.

Segundo a ACRAL, existem mais de oitenta movimentos “euro regionais” vocacionados para a cooperação transfronteiriça no continente.

Ao abrigo deste acordo foi criada uma comissão de trabalho que irá desenvolver estes e futuros projetos ao abrigo da cooperação entre as três regiões.

Lusa 

Pub