Pub

Embora critique a “dispersão urbanística” no Algarve e censure a aposta num desenvolvimento “predador” de recursos naturais, o especialista não lamenta a ocupação da faixa litoral da região, refere a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR/Algarve) em comunicado.

Jorge Gaspar é professor na área do Ordenamento do Território, é autor de várias publicações, participou no processo de revisão do PROT/Algarve e foi a 10 de junho condecorado pelo Presidente da República.

Segundo avança a CCDR, a sua intervenção abrangerá uma reflexão sobre os aspetos estratégicos do Plano Regional de Ordenamento do Território (PROT) e a sua materialização nos planos de cada concelho.

Em debate vão estar ainda os apoios previstos pelo Programa Operacional Regional do Algarve (PO Algarve 21) a investimentos de requalificação do território.

Segundo a CCDR, esses apoios podem concretizar-se através da promoção de áreas de acolhimento empresarial, de Parcerias para a Regeneração Urbana e de um instrumento financeiro de capital de risco.

Lusa

Pub