Pub

Em declarações à agência Lusa, fonte do comando de Faro da GNR adiantou que um dos detidos esteve durante um dia, até à manhã de ontem, no Hospital de Faro, para expelir a droga que ainda tinha no corpo.

Os homens, que não são portugueses, foram descobertos na madrugada de terça-feira por militares de uma patrulha da GNR de Olhão, que se aperceberam da sua presença dentro de uma casa não habitada, na zona de Pechão.

Depois de uma busca à área, os militares encontraram mais de 200 "bolotas" (unidades de haxixe comprimidas em forma de bolota), que terão sido expelidas por dois dos homens.

Um terceiro suspeito, que manifestou sinais de indisposição, foi encaminhado para o Hospital de Faro, onde esteve sob detenção até expelir a restante droga.

Ao todo, os homens trariam um total de 350 "bolotas", tendo ainda sido apreendidas, numa busca pessoal a um dos suspeitos, 20 gramas de cocaína.

Os suspeitos foram presentes ao Tribunal de Olhão.

Lusa

Pub