Pub

A GNR explica em comunicado que uma patrulha de Loulé suspeitou dos indivíduos e abordou a viatura onde circulavam, vindo a detetar na sua posse as 56 doses de haxixe e uma arma branca, especificamente uma faca de ponta e mola.

Os 330 euros em dinheiro também foram apreendidos por se supor “proveniente da venda de droga”, acrescenta a GNR.

Os detidos, ambos portugueses de 22 anos e residentes em Loulé, estão referenciados por tráfico de droga.

Um dos detidos possui “pena suspensa por furto qualificado e tráfico de estupefacientes”, refere a nota de imprensa.

Ambos foram presentes ao Tribunal Judicial da Comarca de Loulé e a medida cautelar aplicada foi o Termo de Identidade e Residência.

A GNR deteve também na quinta-feira em Alte, concelho de Loulé, uma mulher de 40 anos, desempregada, quando procedia à venda de heroína a um toxicodependente.

Segundo a GNR a detida estava a vender a droga dentro do veículo, na estrada nacional 124 à entrada da localidade de Alte, nas proximidades da Escola Profissional.

A polícia apreendeu-lhe cerca de 30 doses de heroína, um telemóvel e 145 em dinheiro, que se suspeita proveniente da comercialização da droga.

Depois de presente ao tribunal, a mulher saiu em liberdade mediante Termo de Identidade e Residência, mas obrigada a apresentações bi-semanais no Posto de Salir, proibição de se ausentar do país, proibição de contactar toxicodependentes e proibição de se aproximar e ou circundar a Escola Profissional de Alte.

Lusa

Pub