Pub

Em comunicado, a GNR indica que deteve ao início da tarde de domingo “duas cidadãs de nacionalidade estrangeira e constituiu arguida uma outra, por serem suspeitas da prática de furtos, com principal incidência nas escadas rolantes de acesso à Praça dos Pescadores e na baixa da cidade de Albufeira”.

Ao serem abordadas pelos militares, as jovens, com idades entre os 20 e os 21 anos, foram conduzidas ao Posto de Albufeira, onde, após informação prestada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), se concluiu que as três raparigas “estavam em situação ilegal em território nacional”, tendo as duas primeiras sido detidas para serem presentes a tribunal.

As detenções ocorreram após se terem registado vários furtos de carteiras em albufeira e ter intensificado o policiamento, explica a GNR.

A cidadã de 21 anos de idade foi constituída arguida e notificada para comparecer no tribunal, tendo sido notificada pelo SEF para abandono voluntário do país.

As detidas vão ser presentes, no dia de hoje, ao Tribunal Judicial de Albufeira, para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação.

Lusa

Pub