Pub

“Os indivíduos foram detetados no local a carregar carris que haviam sido substituídos recentemente, utilizando para tal maçaricos de corte e um camião pesado com auto-grua, já tendo carregado cerca de doze toneladas de metal, avaliadas em 3.000 euros”, explicou a GNR numa nota.

O camião pertencia, segundo a força de segurança, a uma sucateira de Loulé e era conduzido “por um dos detidos, ligado ao funcionamento da mesma”.

“Para além do condutor do camião, de 31 anos, foi ainda detido outro indivíduo, igualmente com 31 anos e com conhecimentos de mecânica e serralharia, assim como um funcionário da REFER, com 55 anos”, precisou o Comando de Faro da GNR, frisando que em março já tinham sido furtados carris no mesmo local no valor de 35.000 euros.

Os detidos foram hoje presentes ao Tribunal de Vila Real de Santo António, que lhes aplicou o termo de identidade e residência como medida de coação.

Lusa

Pub