Pub

Após o roubo, o homem pôs-se em fuga numa viatura, com a ajuda de um cúmplice, e os dois foram perseguidos por elementos do posto territorial de Salir, que os detiveram a 30 quilómetros do local, com a ajuda de militares da GNR de Loulé, precisou a fonte do Comando de Faro da força de segurança.

Ao serem abordados quando terminou a fuga, em Boliqueime, também em Loulé, um dos homens conseguiu fugir a pé, mas “está perfeitamente identificado” e “estão a ser feitos esforços para que possa ser detido”, sublinhou a mesma fonte.

“Sabemos quem é e está a ser feita uma vigilância para poder ser detido”, afirmou, acrescentando que o detido reside em Almancil e tem 37 anos.

Durante a fuga, “com condução perigosa e várias tentativas de abalroamento”, os homens terão atirado um resíduo para cima de um dos veículos da GNR, que se “suspeita ser um ácido, embora isso ainda não sido confirmado por análises”, disse ainda a fonte do Comando de Faro.

O detido será presente na terça-feira ao Tribunal de Loulé para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

A GNR deteve também na madrugada passada três pessoas, residentes em Olhão, por furto de gasóleo no interior de uma empresa de gestão de resíduos situada na zona do Arneiro, no concelho de Faro, disse a fonte da GNR.

Os detidos, de 37, 43 e 64 anos, foram surpreendidos pelos militares da GNR quando “furtavam o gasóleo de um depósito de alta capacidade” na empresa e tinham na sua posse “18 bidons e um mecanismo elétrico (bomba artesanal), que servia para retirar o gasóleo do depósito diretamente para os bidons”, referiu,

A GNR destacou ainda a colaboração de um anónimo que fez a denúncia por telefone e permitiu que os militares atuassem a tempo de deter os homens, que foram presentes hoje ao tribunal de Faro.

Lusa

Pub