Pub

GnrA GNR de Faro anunciou hoje o encerramento de uma sucata ilegal no sítio da Foupana, em Moncarapacho, que funcionava num terreno anexo à casa de um idoso, que foi multado em 20 mil euros.

Em comunicado, a GNR adianta que o espaço foi selado na segunda- feira pelo Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento de Faro, que multou o proprietário, de 85 anos, por falta de licenciamento para gestão de resíduos.

O homem dedicava-se a armazenar, tratar e valorizar metais não preciosos, comprando material furtado, como o alumínio que foi apreendido na sua sucata e que tinha sido furtado em Tavira, esclarece a GNR.

Na sequência de uma denúncia de furto de metais não preciosos na zona de Tavira, os militares da GNR de Olhão localizaram e apreenderam uma quantidade não especificada de alumínio, que fora vendida ao proprietário da sucata.

Aquela autoridade elaborou um auto de notícia relativo à recetação de material furtado e ainda um auto de contraordenação por falta de licenciamento para gestão de resíduos, infração punida com coima no valor de 20 mil euros.

Pub