Pub

O administrador João Martins esteve ontem na cidade algarvia para participar num ato simbólico de entrega da aprovação do projeto por parte do presidente da Câmara de Faro, Macário Correia, e explicou que esta nova unidade vai reforçar a presença e a aposta do grupo na região.

“O novo Hospital obedece a uma estratégia desenhada já há algum tempo, em que foi adquirido o terreno e foi feito todo o projeto para o novo hospital. Hoje, o que fizemos foi um ato e um gesto simbólico, em que a câmara municipal de Faro nos atribuiu o alvará de construção e fez a aprovação do projeto”, afirmou João Martins.

Segundo a administração, de seguida será lançado o concurso prevendo-se que até à conclusão da obra decorram dois anos.

João Martins disse que a nova unidade deverá criar “150 postos de trabalho diretos” e que as três unidades do grupo já existentes no Algarve, o Hospital Santa Maria, a Clínica do Fórum Algarve e o Hospital São Gonçalo de Lagos, asseguram “um âmbito bastante alargado” de especialidades médicas e cirúrgicas.

No sítio do grupo na internet, pode também ler-se que este novo hospital terá 27 gabinetes de consulta, 50 camas e 3 salas de bloco operatório, disponibilizando ainda todos os exames auxiliares de diagnóstico.

Liliana Lourencinho com Lusa
Pub