Pub

Um homem foi detido em flagrante delito, em Faro, pelo rapto e a alegada violação de uma mulher com quem tinha tido um relacionamento prévio, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

O detido tem 61 anos e, inicialmente, “abordou de forma violenta a vítima, uma mulher de 35 anos de idade, originando a intervenção da GNR”, na sede de uma sociedade recreativa da capital algarvia, na noite de 20 para 21 de janeiro, contextualizou a PJ num comunicado.

“No dia seguinte, também em Faro, o detido deslocou-se à casa da vítima e, mediante o uso da força física, obrigou-a a entrar na sua viatura, tendo-a levado para uma casa na ilha de Faro, forçando-a a manter com ele relações sexuais”, acrescentou a mesma fonte, frisando que o homem e a vítima teriam terminado um relacionando em meados do ano passado.

A PJ, que fez a detenção através da diretoria do sul, referiu ainda que o detido, “além do crime de rapto pelo qual foi detido em flagrante delito, também está indiciado pelo crime de violação” e vai ser presente em tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

Pub