Pub

Assalto com explosivo a caixa de multibanco provocou incêndio em junta de freguesiaO homem que fazia parte do casal ontem encontrado baleado na cabeça em Vilamoura disparou contra a sua ex-companheira, tendo depois tentado suicidar-se, disse à Lusa fonte policial.

De acordo com a polícia, o homem, de 35 anos, e a mulher, de 30, “viveram maritalmente na zona de Alcantarilha/Armação de Pera”, em Silves, mas estavam atualmente separados.

A mulher estaria atualmente a residir em Faro e “hoje, quando ia entrar ao serviço”, numa unidade hoteleira de Vilamoura, tinha “o homem à sua espera”, tendo este barrado a sua entrada no hotel, “efetuado um disparo através do vidro do carro” onde seguia, explicou a mesma fonte.

“Depois de disparar contra a mulher, o homem terá tentado o suicídio”, afirmou, acrescentando que a arma usada foi a mesma.

A GNR foi a primeira força de segurança a chegar ao local, tendo aguardado pela chegada das equipas de socorro do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e preservado a cena do crime para os peritos da Polícia Judiciária (PJ) a analisarem, disse fonte do Comando de Faro.

A investigação está agora a cargo da Polícia Judiciária, referiu a fonte da GNR.

Tanto o homem como a mulher foram encontrados na Praia da Falésia ainda conscientes, como avançou à Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica.

Segundo a mesma fonte, o alerta foi dado às 10:30 por um agente da autoridade que passava no local e as vítimas foram transportadas para a unidade de Faro do Centro Hospitalar do Algarve.

Pub