Pub

Segundo a mesma fonte, o suspeito, de 27 anos, foi "detido em flagrante" por um cidadão que se encontrava no local e que o perseguiu a pé, imobilizando-o ainda na posse da mala até à chegada das autoridades.

A mala, que continha telemóveis, documentos pessoais e dinheiro, pertencia a uma mulher que se encontrava no interior de um carro e se prepravava para iniciar marcha.

De acordo com a GNR, o homem está em liberdade condicional e possui cadastro por roubos por esticão e outros delitos.

Até ser ouvido pelo Tribunal de Loulé, na quarta-feira, o suspeito irá permanecer detido nas instalações da GNR.

Lusa

Pub