Inicio | Sociedade | Humana Portugal entregou donativos à Cáritas Paroquial da matriz e à paróquia de N. Sra. do Amparo de Portimão

Humana Portugal entregou donativos à Cáritas Paroquial da matriz e à paróquia de N. Sra. do Amparo de Portimão

Foto © Filipe da Palma
Foto © Filipe da Palma

A delegação do Algarve da Humana Portugal, uma associação não governamental sem fins lucrativos, entregou ontem dois donativos à Cáritas Paroquial da matriz e à paróquia de Nossa Senhora do Amparo, de Portimão, no valor de 1.100 euros cada.

A associação promove a reutilização e a recuperação de têxtil usado com o objetivo de apoiar projetos de cooperação para o desenvolvimento noutros países, nomeadamente Moçambique e Guiné Bissau e a verba agora entregue representa 10% da quantia apurada nos últimos seis meses de funcionamento dos contentores instalados em áreas habitacionais do concelho, destinados a receber doações de roupa e calçado usados, na sequência da parceria que estabeleceu com a Câmara de Portimão.

Na cerimónia de entrega do donativo, que teve lugar nos paços do concelho, foi ainda assinado um protocolo de cedência das instalações do antigo Mercado Municipal da Avenida 25 de Abril, propriedade do município de Portimão, à delegação de Portimão da Cruz Vermelha Portuguesa.

Através deste protocolo a Câmara de Portimão colocou graciosamente à disposição da Cruz Vermelha Portuguesa, por um prazo de 10 anos, o referido edifício para instalação de várias valências de apoio social à comunidade, nomeadamente banco de vestuário e entrega de bens alimentares.

Na ocasião a presidente da direção da delegação de Portimão da Cruz Vermelha Portuguesa, Maria José Mendes, lembrou que “a falta de instalações sempre foi uma grande necessidade”. “Com este espaço vamos poder armazenar alimentos, roupas, arquivo, kits de emergência e podemos realizar as nossas reuniões”, referiu.

A Cáritas Paroquial da matriz de Portimão tem a funcionar uma cantina social, onde, todos os dias, são servidas 60 refeições e todos os meses assiste 220 famílias, num total de cerca de 700 pessoas. A paróquia de Nossa Senhora do Amparo tem a funcionar um refeitório social, que alimenta diariamente mais de 100 pessoas.

Verifique também

Grupos algarvios da LIAM “foram os que mais se empenharam” no apoio a projeto em S. Tomé e Príncipe

Os grupos algarvios da Liga Intensificadora da Ação Missionária (LIAM) “foram os que mais se …

Folha do Domingo

GRÁTIS
BAIXAR