Breves
Inicio | Igreja | Igreja algarvia vai proceder à abertura do Jubileu da Misericórdia no dia 13 deste mês

Igreja algarvia vai proceder à abertura do Jubileu da Misericórdia no dia 13 deste mês

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

A Diocese do Algarve irá proceder, no próximo dia 13 deste mês, à abertura do Jubileu da Misericórdia, proclamado pelo papa Francisco para se realizar de 8 de dezembro de 2015 a 20 de novembro de 2016.

Pelas 17h, os católicos de todo o Algarve irão concentrar-se, em Faro, junto à igreja da Misericórdia, de onde sairão em procissão, presidida pelo bispo do Algarve, para a Sé.

Chegados à catedral, será realizado o rito de abertura da Porta Santa daquela que será uma das cinco igrejas jubilares algarvias, bem como da porta do batistério, seguindo-se a celebração da eucaristia estacional com evocação do batismo.

Recorde-se que a Igreja algarvia determinou já que serão quatro as igrejas jubilares, para além do Santuário de Nossa Senhora da Piedade, popularmente conhecida como Mãe Soberana, em Loulé: Sé de Faro, Sé de Silves, igreja matriz de Portimão e igreja de Santa Maria de Tavira. Cada uma destas igrejas será assinalada com uma faixa identificativa que será afixada no exterior.

No Algarve, a celebração do Ano Santo da Misericórdia será associada a dois sacramentos: o batismo e a reconciliação. Relativamente ao primeiro pretende-se a sua redescoberta através da valorização do batistério, cuja porta, nas igrejas jubilares, será a Porta da Misericórdia. O bispo do Algarve já afirmou que “a redescoberta do batismo será a referência purificadora do Ano da Misericórdia”, sustentando que “o sentido da conversão [pretendida neste ano jubilar] começa pela redescoberta e valorização do batismo”.

Nesse sentido, far-se-á na celebração de abertura da Porta Santa de cada igreja jubilar a bênção da água batismal para ser levada para os batistérios paroquiais com a qual se realizará o rito de aspersão no domingo seguinte, para além dos batismos ao longo do ano.

Relativamente ao sacramento da reconciliação é proposta a recuperação ou criação de um “espaço digno e acolhedor” e a criação de um dia para adoração eucarística e celebração do sacramento.

A celebração do Ano Santo no Algarve prevê ainda a realização de peregrinações à igreja jubilar mais próxima, à Sé de Faro ou ao Santuário da Mãe Soberana, em dias a estipular por cada uma das entidades.

Para além da Sé de Faro, no dia 19 deste mês será realizada, pelas 19h, a abertura da Porta Santa na Sé de Silves e no dia 20 na igreja matriz de Portimão, pelas 11.30h, e na igreja de Santa Maria de Tavira, pelas 17h.

No Santuário de Nossa Senhora da Piedade, popularmente conhecida como Mãe Soberana, em Loulé, a abertura da Porta Santa será feita no dia 1 de janeiro de 2016 na missa presidida pelas 15h pelo bispo do Algarve.

O programa já divulgado de celebração no Algarve do Jubileu da Misericórdia inclui diversas iniciativas.

Verifique também

Bispo do Algarve faz novas nomeações com apelo a uma “pastoral de convergência”

A “proximidade da festa litúrgica da dedicação” da catedral, que se celebra amanhã, 19 de …