Pub

Assim, a Assembleia Diocesana (encontro promovido anualmente para fazer o lançamento do novo ano pastoral) será realizada este ano na Sé de Faro, pelas 14.30h, após a qual se realizará a Eucaristia de abertura do Ano da Fé. Nesta celebração deverão participar todos os católicos algarvios, ao contrário da Assembleia Diocesana que se destina apenas a responsáveis das paróquias, movimentos e serviços diocesanos.

Logo na carta apostólica “Porta da Fé” (Porta Fidei), através da qual proclamou, em outubro do ano passado, o Ano da Fé, Bento XVI disse querer que esta iniciativa seja um “tempo de particular reflexão e redescoberta da fé” e um “convite para uma autêntica e renovada conversão ao Senhor, único Salvador do mundo”. O Papa deseja, por isso, que o Ano da Fé, a cuja abertura presidirá no dia 11 deste mês, seja um “verdadeiro momento de graça”, uma “ocasião de comunhão e de crescimento numa entrega inabalável a Deus, à imagem de Maria”.

Segundo a Agência Ecclesia, o Papa disse também esperar que o ano em causa “seja pautado por uma aposta decidida da Igreja Católica num maior envolvimento das comunidades católicas no anúncio do Evangelho”. “A «preocupação prioritária» do clero, segundo o Papa, deverá ser a promoção e sustentação de «um compromisso mais determinado a favor da nova evangelização, para redescobrir a alegria no crer e reencontrar o entusiasmo de comunicar a fé», escreveu aquela agência noticiosa, acrescentando que o Sumo Pontífice encorajou os bispos a “trabalharem para que a todos sejam apresentados os conteúdos essenciais da fé”.

Também o bispo do Algarve já disse esperar que este ano ajude a “conhecer a força e a beleza da fé” de modo a que “todos redescubram os seus conteúdos fundamentais”. “Este devia ser um ano de formação para toda a gente. Estamos a insistir na diocese de modo a formar uma espécie de escola de leigos em cada vigararia”, anunciou D. Manuel Quintas no passado dia 30 de setembro, em Quelfes.

O prelado referiu-se à importância de “aprofundar a fé para que ela possa brilhar no mundo de hoje, ser sinal de referência e esperança para todos” e exortou os católicos a “assumir a adesão a Cristo e ao Evangelho”.

Para ajudar à vivência do Ano da Fé, a Igreja do Algarve irá editar alguns materiais que serão distribuídos no dia 14 de outubro. Para além do habitual cartaz alusivo ao novo ano pastoral e do respetivo anuário que inclui o Programa Pastoral, a diocese algarvia editará um flyer/marcador de livro com as orações do credo (Símbolo dos Apóstolos e Símbolo Niceno-Constantinopolitano). Será ainda afixada no exterior da catedral de Faro uma faixa alusiva ao Ano da Fé para que a sua celebração não passe indiferente a ninguém.

Para a abertura do Ano da Fé nas paróquias algarvias, que irá ocorrer no próximo dia 21 deste mês, a Diocese do Algarve preparou também uma celebração litúrgica que será realizada no decurso da Eucaristia dominical.

O Ano da Fé coincide com a celebração do 50.º aniversário da abertura do Concílio Vaticano II (1962-1965).

Redação com Ecclesia

Assembleia Diocesana e Abertura do Ano da Fé
14 de outubro de 2012 – Sé de Faro

Programa

14.30h – Acolhimento dos participantes

15.00h – Abertura da Assembleia: oração e saudação
Apresentação do Programa Diocesano de Pastoral

17.00h – Eucaristia Estacional de Abertura do Ano da Fé

Pub