Breves
Inicio | Igreja | Igreja do Algarve promoveu Curso de Cristandade de Homens com 15 novos cursistas

Igreja do Algarve promoveu Curso de Cristandade de Homens com 15 novos cursistas

Realizou-se de 08 a 11 deste mês, com encerramento no último domingo na paróquia de Ferreiras, o 70º Curso de Cristandade de Homens.

A iniciativa, que foi promovida pelo Movimento dos Cursos de Cristandade (MCC), decorreu, uma vez mais, na Casa de Retiros de São Lourenço do Palmeiral.

O curso contou com uma equipa sacerdotal composta pelo cónego Joaquim Nunes e pelos padres Rui Barros e Nuno Coelho e teve a participação de 15 homens, oriundos das paróquias de Aljezur (incluindo a comunidade do Rogil), Boliqueime, Conceição de Tavira, Ferreiras, Lagos, matriz de Portimão, Paderne, São Luís e Sé de Faro.

O encerramento, presidido pelo bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, no domingo, 11 de novembro, contou também com testemunhos dos participantes. “A avaliar pelos emotivos e conscientes testemunhos que se ouviram neste encerramento, foi evidente o «(re)encontro», com Jesus Ressuscitado e como o amor do Pai, que esta atividade proporcionou, bem como a determinação de todos de entrar em pleno quarto dia dispostos a ultrapassar os obstáculos da vida e a transmitir, com a ajuda do Espírito Santo, o viver cristão nos ambientes da família, do trabalho e da comunidade em que estão inseridos”, realça a organização.

As esposas dos participantes deste curso, que teve uma equipa de responsáveis constituída por 14 elementos, sendo reitor Marco Vieira e vice-reitor Rui Andrez, irão participar no 55º Curso de Cristandade de Senhoras, a realizar de 29 deste mês a 2 do próximo mês de dezembro.

Conforme definido no programa de atividades 2018/2019, do Secretariado Diocesano do Algarve do MCC, o próximo Cursilho de Cristandade de Homens da Diocese do Algarve realizar-se-á entre os dias 21 a 24 de fevereiro de 2019.

O primeiro cursilho em Portugal realizou-se em 29 de novembro de 1960 e no Algarve ocorreu a 18 de março de 1964, sendo destinado a homens, ao qual se seguiu o primeiro cursilho de senhoras em abril do ano seguinte.

O MCC é um movimento eclesial que propõe uma vivência de vida segundo os fundamentos da fé. Depois da participação num curso ou cursilho (termo adaptado do original espanhol) de três dias e meio, onde é feito o primeiro apelo à fé, os participantes são convidados a continuarem a caminhar em grupo, nas comunidades, realizando encontros (ultreias) onde partilham as suas experiências de fé.

Verifique também

Bispo do Algarve exortou jovens a viverem ao serviço dos outros

O bispo do Algarve exortou na Jornada Diocesana da Juventude (JDJ) os jovens a viverem …