Inicio | Igreja | Igreja do Algarve rezou pela ordenação sacerdotal do diácono Nelson Rodrigues

Igreja do Algarve rezou pela ordenação sacerdotal do diácono Nelson Rodrigues

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

A igreja de São Francisco, em Faro, encheu-se esta noite de muitas pessoas que quiseram associar-se à vigília de oração pela ordenação sacerdotal do diácono Nelson Rodrigues que terá lugar no próximo domingo em Loulé.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Oriundas de Faro, Quarteira, mas também de Loulé, onde tem estado estagiar nos últimos anos, e da Conceição de Faro, a sua paróquia de origem, muitas pessoas fizeram questão de estar presentes, para além dos seminaristas algarvios em Évora que foram colegas do diácono que será ordenado na celebração, presidida a partir das 17h pelo bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, no santuário de Nossa Senhora da Piedade, popularmente evocada como Mãe Soberana.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

O futuro sacerdote, de 26 anos e natural da Conceição de Faro, num testemunho emocionado em que leu dois textos seus manuscritos em momentos importantes da sua caminhada cristã, afirmou que a sua é “uma história feita de coisas concretas”. O primeiro foi escrito há 12 anos na véspera da sua primeira comunhão e o segundo, há 10 anos, na véspera do seu Crisma. “Sempre que os releio, ajudam-me a ficar grato ao Senhor por aquilo que tem feito comigo e em mim”, afirmou.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

“Por estas duas cartas, que pudestes escutar pela primeira vez, podeis entender que a minha história não é nada sobrenatural. É sobrenatural porque existe Deus em mim, mas é uma história feita de coisas concretas”, prosseguiu.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Na celebração, que contou com a adoração ao Santíssimo Sacramento, o cónego José Pedro Martins, reitor do Seminário de Faro, que presidiu à mesma, lembrou que “a Igreja do Algarve precisa de sacerdotes” e apelou à oração. “Somos todos chamados a nos colocarmos ao lado de Jesus a pedir ao Senhor da messe que mande operários para a sua messe, que mande servidores do reino”, exortou.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

O sacerdote aludiu ao complexo processo de formação de um padre. “Tantas vezes queremos um padre e não imaginamos todo o processo de doação de vida, de confronto consigo mesmo quando surge a primeira luz. Mas estes testemunhos e estes momentos de oração vocacional servem também para descermos à realidade da vida que palpita à nossa volta”, afirmou.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

“Amai as vocações sacerdotais. Não descanseis os vossos braços, mantende-os orantes como fez Moisés”, pediu, desafiando os cristãos a rezar por intenções vocacionais concretas. “Temos de nos habituar a ser assim concretos na oração”, afirmou, pedindo também que rezem pelos que já são seminaristas. “A comunidade incentiva, ajuda, dá força e anima”, afirmou a propósito da importância do apoio das paróquias de origem.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

O cónego José Pedro Martins disse ainda que o próximo domingo vai ser um “dia muito belo”. “Vamos estar em festa, mas que não seja apenas um episódio. Seja, de facto, um apelo e um compromisso”, pediu.

O diácono Nelson Rodrigues realizou ainda a sua profissão de fé e o juramento de fidelidade no decurso da celebração que também contou com a participação do padre Pedro Manuel, membro também da equipa formadora do Seminário do Algarve.

Verifique também

Seminário de Faro conta este ano com dois seminaristas da Arquidiocese de Évora

O Seminário de São José de Faro, instituição dedicada à formação dos futuros sacerdotes da …

Folha do Domingo

GRÁTIS
BAIXAR