Breves
Inicio | Igreja | Igreja do Algarve tem cinco novos acólitos instituídos no encerramento do Lausperene

Igreja do Algarve tem cinco novos acólitos instituídos no encerramento do Lausperene

Da esqª para a dirª: António Valério Costa, Nuno Francisco, João Chaves dos Santos, D. Manuel Quintas, Fábio Pedro e João Pontes dos Santos – Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A Igreja do Algarve conta, desde ontem à noite, com cinco novos acólitos instituídos pelo bispo do Algarve no decurso da eucaristia de encerramento do lausperene, que teve lugar na igreja matriz da Mexilhoeira Grande.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

D. Manuel Quintas instituiu no ministério dos acólitos o seminarista Fábio Pedro, natural de Loulé e a frequentar o 6º ano do curso de Teologia, e quatro leigos candidatos ao diaconado permanente.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Os quatro leigos casados – António Valério Costa e João Pontes dos Santos, da paróquia matriz de Portimão, João Chaves dos Santos, da paróquia de Olhão, e Nuno Francisco, da paróquia da Mexilhoeira Grande – frequentaram o Curso Básico de Teologia para agentes de pastoral realizado pela Diocese do Algarve, através do seu Centro de Estudos e Formação de Leigos do Algarve (CEFLA), de 2015 até este ano.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Para além desta formação, os candidatos ao diaconado permanente têm tido encontros mensais de preparação orientados pelo diretor do CEFLA, o padre Mário de Sousa.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Na eucaristia, o bispo do Algarve regozijou-se com os novos acólitos rumo ao sacerdócio e ao diaconado permanente. “Acolhemos cada um deles como dom precioso de Deus à nossa Igreja diocesana e, simultaneamente, como estímulo a prosseguirmos na oração insistente do senhor da messe para que continue a conceder à nossa Igreja diocesana os servidores de que ela precisa”, afirmou, lembrando que “sem sacerdotes não há eucaristia, não há comunidade viva, fraterna, missionária, não há Igreja”. “Por isso precisamos e pedimos ao Senhor que continue a conceder-nos estes dons”, sustentou.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Dirigindo-se aos candidatos, que após a homilia seriam instituídos acólitos, recordou-os da recomendação que o ritual da instituição lhe apresenta, pedindo-lhes “que sejam assíduos no serviço do altar, distribuam fielmente aos seus irmãos o pão da vida e cresçam, cada vez mais, na fé e na caridade” para edificação da Igreja. “Este é o programa que a Igreja vos apresenta para o tempo do vosso acolitado que depois queremos viver de maneira mais plena e intensa com o ministério ordenado do diaconado”, complementou.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

As instituições são um passo para as suas futuras ordenações, uma vez que constituem um pressuposto para elas. Por outro lado, reforçam a intenção dos candidatos de orientarem as suas vidas, o caminho de formação humana e de fé e o aperfeiçoamento espiritual, respetivamente, para a ordenação sacerdotal e para as ordenações diaconais, respondendo ao apelo de Deus. Os acólitos agora instituídos completaram a segunda e última etapa que precede a ordenação diaconal.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O serviço do acólito centra-se, de maneira particular, na eucaristia que o instituído neste ministério passa a distribuir a todos, particularmente àqueles que não podem abeirar-se dela como os doentes.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

As instituições foram assinaladas com a entrega do cálice com a missão de servir dignamente a mesa de Deus e da Igreja.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Para além do reitor e do prefeito de Seminário de Faro e de vários outros padres e diáconos do Algarve da Diocese, a eucaristia contou também com a concelebração do reitor do Seminário Maior de Évora, o padre Vicente Nieto Moreno.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Fotogaleria
Instituições no ministério de acólitos

Verifique também

Bispo do Algarve visitou as paróquias da Conceição de Faro e de Pechão

O bispo do Algarve realizou de 8 a 15 deste mês a primeira visita pastoral …

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.