Pub

“Penso que devemos dar graças a Deus por este dom, esta alegria que o será, não só para eles, para as suas famílias e paróquias, mas também para toda a nossa Igreja diocesana”, afirmou D. Manuel Quintas na Sé de Faro, onde irão decorrer as ordenações pelas 16h.

O diácono Miguel Ângelo Pereira, de 31 anos, é natural de Tavira e colabora com as paróquias da matriz e de Nossa Senhora do Amparo, de Portimão, enquanto o diácono Vasco Figueirinha, de 25 anos, é natural de Ferreiras (Albufeira) e colabora com as paróquias de Tavira.

Nuno Coelho, quase a completar 36 anos, é natural de Lagoa e frequenta o chamado estágio pastoral nas paróquias de Olhão e Quelfes. Será ordenado diácono em caminhada rumo ao sacerdócio, uma vez que a ordenação diaconal constituirá a terceira e última etapa antes de ser ordenado padre. O candidato ao diaconado cumpriu já a primeira e segunda etapas com as instituições nos ministérios de leitor e acólito. A missão do diácono consistirá, antes de mais nada, em ficar consagrado pelo sacramento da Ordem para o serviço do altar, para o serviço da caridade e para o serviço da Palavra.

Samuel Mendonça
Pub