Pub

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Os centros sociais paroquiais do Algarve voltam a reunir-se já no próximo dia 19 deste mês, num encontro, uma vez mais, presidido pelo bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, e promovido pela Pastoral Social da Diocese do Algarve.

Este VI Encontro dos Centros Sociais Paroquiais e outras instituições sociais da Igreja do Algarve terá lugar no Centro de Bem-estar Social de Nossa Senhora de Fátima, em Olhão, e destina-se, uma vez mais, aos presidentes e diretores técnicos daquelas instituições particulares de solidariedade social (IPSS).

Recorde-se que estas iniciativas tiveram início no ano pastoral de 2012/2013 com vista a partilhar as dificuldades encontradas no contexto da atual crise económica e social para “definição da convergência na procura duma resposta comum”.

O encontro deste mês, com início pelas 10h, terá como tema “As obras de misericórdia e a ação social da Igreja”, apresentado pelo padre Domingos da Costa, sacerdote jesuíta e pároco da Mexilhoeira Grande.

O encontro voltará, à semelhança da edição do ano passado, a contar ainda com a participação de Simões de Almeida, juiz a exercer advocacia, ex-inspetor geral do Ministério do Trabalho e Solidariedade e ex-secretário da Segurança Social de Estado no tempo do ministro Paulo Pedroso, que apresentará uma reflexão sobre a “Contratação pública e as IPSS”.

O encontro visa ainda a preparação do Jubileu das IPSS que se realizará no dia 18 de junho deste ano.

Atualmente, no Algarve, as instituições de solidariedade social da Igreja Católica incluem 22 Santas Casas da Misericórdia, 12 Centros Sociais Paroquiais, embora as estatísticas oficiais contabilizem 16 (quatro, apesar da constituição canónica, nunca tiveram atividade) e quatro institutos de organização religiosa.

Pub