Pub

Segundo o IM o estado do tempo em Portugal continental “irá ser condicionado pela aproximação e passagem de um sistema frontal de forte atividade, associado a uma depressão centrada a Noroeste da Península Ibérica e que transporta na sua circulação uma massa de ar quente e instável”.

Na terça-feira, também a Proteção Civil acionou o alerta amarelo do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro entre as 06:00 de hoje e as 12:00 de quinta-feira devido às previsões de chuva e vento forte.

Quanto aos avisos do IM, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja, Faro, Évora e Santarém estão com aviso amarelo, devido à chuva e ao vento forte e também à altura das ondas no caso dos distritos costeiros. A FOLHA DO DOMINGO apurou que a chuva forte deverá registar-se sensivelmente entre as 19:00 e as 22:00 de hoje.

Em Faro prevê-se uma temperatura máxima de 22 graus Celsius, em Lisboa de 19º e no Porto de 17º.

Viana do Castelo, Braga e Porto surgem com aviso laranja devido à previsão de chuva, por vezes forte, às rajadas de vento sul/sudoeste, que podem atingir os 100 quilómetros por hora, e à altura das ondas que hoje andará entre os quatro a cinco metros subindo para os cinco a seis metros na quinta-feira.

Por seu lado, Vila Real apresenta dois avisos laranja devido à chuva e ao vento, enquanto Aveiro, Coimbra, Viseu, Bragança, Castelo Branco e Portalegre mantém o mesmo nível de alerta apenas no que diz respeito à precipitação.

Os avisos do IM têm quatro níveis, do verde (normal) ao vermelho (risco extremo), sendo o amarelo, o segundo menos grave.

O alerta amarelo da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o segundo de uma escala de quatro, foi acionado entre hoje e quinta-feira de forma a “aumentar a prontidão” dos agentes de proteção civil.

De acordo com informação da Marinha, as barras de marítima da Póvoa de Varzim e de São Martinho do Porto estão encerradas.

Já a de Aveiro está condicionada a embarcações de comprimento inferior a 35 metros e a da Figueira da Foz a embarcações de comprimento inferior a 11 metros.

O IM prevê para hoje em Portugal continental céu muito nublado e períodos de chuva, por vezes forte em especial a partir da tarde com possibilidade de ocorrência de trovoada.

Prevê igualmente possibilidade de queda de neve nos pontos mais altos da serra da Estrela até ao início da manhã e vento fraco a moderado do quadrante sul, tornando-se gradualmente moderado a forte, com rajadas até 90 quilómetros por hora no litoral a partir do meio da manhã.

Nas terras altas, o vento soprará forte de sul, tornando-se forte a muito forte (50 a 70 quilómetros por hora) e com rajadas da ordem dos 100 quilómetros por hora a partir do início da manhã.

O IM prevê que a partir da tarde de 27 e até ao próximo domingo, “deverá ocorrer uma melhoria significativa do estado do tempo, sem de precipitação e com a temperatura a enquadrar-se dentro dos valores normais para esta época do ano”.

Redação com Lusa
Pub