Pub

Neste novo espaço complementar às instalações já existentes, que integra 8 salas de aula – entre os quais 2 laboratórios de informática, gabinete médico e o espaço onde estão instalados 2 dos 3 centros de investigação para professores, irão funcionar várias unidades curriculares de todos os cursos lecionados no INUAF (com uma maior incidência no curso de Multimédia).

O reitor Mello Sampayo crê que se trata de uma “aposta na continuidade”: “Neste momento estamos equipados para os próximos 10 anos, mesmo que vamos crescendo a 10% ao ano”. Fez alusão ainda às dificuldades financeiras e ao esforço feito em prol da instituição: “temos feito um esforço com os parcos recursos, equivalentes a 25% daquilo que o orçamento de Estado entrega às universidades. Portanto temos um quarto dos recursos, mas temos as mesmas obrigações, e até estamos sujeitos às mesmas regras e custos de avaliação.” Termina dizendo que em “2012 gastámos na avaliação cerca de 120 mil euros”.

Seruca Emídio, presidente da Câmara Municipal de Loulé, destacou o “papel relevante que o INUAF tem tido na projeção, promoção e notoriedade da cidade e do Concelho de Loulé”.

Pub