Pub

Os jovens, de 21 e 31 anos, estariam a pescar no topo de uma falésia quando caíram de uma altura estimada em 20 metros para uma rocha cuja distância do mar seria de cerca de 6 a 7 metros, disse hoje à Lusa o comandante da capitania de Portimão e Lagos.

Como um dos jovens não se conseguia mover, a Marinha alertou a Força Aérea Portuguesa que deslocou para o local um helicóptero onde a vítima, que apresentava ferimentos na perna esquerda, foi transportada até ao Aeroporto de Faro e daí para o hospital.

O irmão cujo estado era menos grave foi recolhido por uma embarcação salva vidas de Portimão, tendo ali sido assistido por uma equipa médica, acrescentou Cruz Martins à Lusa.

Segundo aquele responsável, um dos jovens terá caído primeiro da falésia e outro, ao tentar socorrê-lo, terá acabado por cair também.

No local esteve um piquete da Polícia Marítima, uma embarcação salva vidas e ainda elementos dos Bombeiros de Lagoa.

Lusa

Pub