Pub

A partir de abril a companhia começa a operar para Glasgow, na Escócia, e Newcastle, em Inglaterra, rotas que se juntam às já existentes desde 2005 e que ligam Faro a Blackpool, East Middlands, Edimburgo, Leeds e Manchester.

Em conferência de imprensa realizada hoje no Aeroporto de Faro, a diretora da companhia, Janice Mather, escusou-se a catalogar a Jet2.com como sendo ‘low cost’, explicando que os custos são baixos mas que os serviços são “muito diferentes”.

Como exemplo aponta o facto de os passageiros poderem pré-reservar os lugares nos aviões e transportar até 22 quilos de bagagem no porão e 10 quilos de bagagem de mão ao contrário de companhias como a Ryanair em que há maiores restrições.

Assumindo-se como uma companhia aérea “amiga das famílias”, a jet2.com vende ainda produtos integrados de turismo que incluem os voos, a prática de golfe, uma das suas grandes apostas, e o alojamento em hotéis.

“Temos desde alojamentos mais baratos do tipo ‘Bed & Breakfast’ como em propriedades de cinco estrelas”, observou Janice Mather, que diz que há ofertas diferentes para famílias, casais ou grupos de jovens.

Em declarações aos jornalistas, Daniel Queirós, diretor da Associação de Turismo do Algarve (ATA), mostrou-se “muito otimista” quanto ao verão em parte devido à aposta que aquela companhia aérea tem vindo a fazer no Algarve.

O diretor do Aeroporto de Faro, António Correia Mendes, escusou-se a relacionar a abertura de duas novas rotas em Faro com a crise no Médio Oriente já que a companhia cancelou as suas ligações para o Egito e Tunísia.

“Espero que esta aposta tenha sido feita para além da crise no Médio Oriente”, afirmou, acrescentando que é normal que as companhias procurem colocar os passageiros em destinos mais seguros.

A operar em Portugal apenas no Algarve e na Madeira (com ligações para a ilha desde Leeds Bradford e Manchester), com um total de nove rotas, a companhia, que nasceu em 2003, tem uma frota de 40 aviões que voam para 22 países.

A única rota disponível todo o ano é a que liga Faro a Leeds, estando todas as outras abertas apenas durante o verão, frisou aquela responsável, acrescentando que em Portugal a companhia só opera no Algarve e

Os voos diretos que ligam a capital algarvia a sete destinos no Reino Unido custam desde 38,49 euros, o que inclui apenas viagem de ida e taxas.

Folha do Domingo/Lusa
Pub