Pub

O trabalho de elaboração do itinerário catequético ‘Rise UP’, apresentado na terça-feira, que propõe “um caminho de aprofundamento da fé com base no verbo levantar-se” aos jovens que vão participar na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em Lisboa, em 2023, conta com a participação de três algarvios.

Padre Mário de Sousa

O padre Mário de Sousa, sacerdote da Diocese do Algarve, é um dos responsáveis pela revisão teológica, juntamente com o bispo auxiliar da Diocese do Porto, D. Vitorino Soares e com o cónego Luís Miguel Rodrigues, da arquidiocese de Braga.

O sacerdote da diocese algarvia é ainda o autor da apresentação de São Lucas, o evangelista cujos escritos percorre o itinerário catequético, seguindo os temas propostos pelo Papa Francisco.

Irmã Linda Vieira
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Para além do padre Mário de Sousa, também a irmã Linda Vieira colabora neste projeto. A religiosa algarvia da congregação das Filhas de Maria Auxiliadora (salesianas) faz parte da equipa de redação composta por mais 15 elementos.

Miguel Mendes

O terceiro algarvio a colaborar neste trabalho é Miguel Mendes, designer gráfico, e coordenador de uma equipa de 10 pessoas da Fundação Salesianos que contribuiu para o grafismo do itinerário.

Segundo o coordenador da equipa de subdireção de catequeses da JMJ Lisboa 2023, o padre Tiago Neto, o “percurso” ‘Rise UP’ é resultado do trabalho de “uma equipa alargada” que reuniu “dioceses e organismos religiosos”.

As catequeses ‘Rise UP’ e os guiões para animadores estão disponíveis no sítio online oficial da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023.

Pub