Breves
Inicio | Igreja | Jovens algarvios preparam participação no Encontro Europeu de Taizé em Riga

Jovens algarvios preparam participação no Encontro Europeu de Taizé em Riga

Os jovens algarvios preparam a participação no Encontro Europeu de Jovens de Taizé que este ano se realiza, de 28 de dezembro de 2016 a 1 de janeiro de 2017, em Riga, na Letónia.

Do Algarve serão 25 os participantes, oriundos das paróquias de Aljezur, Estômbar, Portimão e Quarteira.

Será o primeiro Encontro Europeu organizado pela Comunidade de Taizé à beira do mar Báltico. “É a primeira vez que um Encontro Europeu é organizado num país que fez parte da antiga União Soviética”, frisa o serviço de comunicação de Taizé, numa nota enviada à Agência Ecclesia.

Naquela cidade, com uma antiga tradição luterana, há ligações profundas entre cristãos de diferentes confissões. Os responsáveis das Igrejas Católica, Ortodoxa, Luterana e Baptista da Letónia assinaram juntos o convite para acolher o Encontro.

Será também a primeira vez que o Encontro Europeu se prepara numa cidade onde vivem muitos cristãos ortodoxos. “É uma alegria podermos ir ao encontro dos cristãos da Letónia, rezar com eles, procurar Deus juntos e abrir novos caminhos de solidariedade e de paz na Europa”, destaca a organização.

O evento anual, no período entre o Natal e o Ano Novo, vai ter como pano de fundo o “difícil contexto que a Europa atualmente enfrenta”, e os participantes serão desafiados a “deixar uma mensagem de paz e de reconciliação”, explica o documento.

Entre os temas em cima da mesa, ao longo destes cinco dias, estará o conflito na Ucrânia e nesse contexto “a presença de muitos jovens” daquele país, e também “da Bielorrússia e da Rússia, será particularmente importante”, pode ler-se.

A iniciativa vai voltar a reunir dezenas de milhares de jovens para uma nova etapa da “Peregrinação de Confiança através da Terra”, iniciada no final dos anos 70 pelo irmão Roger, fundador daquela comunidade ecuménica do sul da França, a cerca de 390 quilómetros a sudeste de Paris.

Os jovens de toda a Europa e de outros continentes serão alojados em centenas de paróquias da capital letã.

Os mais novos, que com idades entre os 18 e os 35 anos, vão ter oportunidade de participar em diversos ateliês dedicados a temáticas como “a solidariedade, a arte, a cultura e a história”, e ouvir também o testemunho de várias pessoas que procuram viver na sociedade civil e em diversas áreas profissionais, o seu compromisso cristão.

com Ecclesia

Verifique também

Igreja do Algarve apresenta Programa Pastoral 2019/2020 em Assembleia Diocesana

O Programa Pastoral da Diocese do Algarve para o ano pastoral 2019/2020, sob o tema …