Pub

"Gnossis" é o nome do espetáculo que o grupo da Catalunha (Espanha) La Fura dels Baus vai trazer a 29 de agosto a Lagos, à Praça Infante D. Henrique, e que provavelmente vai ser "o grande evento do Allgarve 2010", declarou Augusto Miranda, o coordenador do programa de valorização turística do Algarve para este ano.

A figura central do espetáculo dos Fura dels Baus, que vai ter entrada gratuita e em que participam 60 elementos de estruturas associativas da cidade de Lagos, vai ser o Infante D. Henrique, mentor da expansão ultramarina e que nasceu há 550 anos.

No programa de valorização turística do Algarve, Augusto Miranda sublinhou a estreia absoluta de "Churchill – O musical", dos britânicos Derek Charles Ash e Trevor Holman, agendada para 01 de outubro no auditório de Lagoa, e na área da música pop destacou a vinda da cantora Anastacia, a 17 de agosto, à Herdade dos Salgados, em Albufeira.

No âmbito do "Allgarve Clássico", uma das sete áreas temáticas do Allgarve, o coordenador do programa distinguiu como um dos momentos altos o evento "Ópera no Castelo de Silves", que está agendado para os dias 10 e 11 de julho e vai abordar composições de Mozart.

Na área do "Allgarve Jazz", a cantora norte-americana de jazz Diane Reeves vai estar no dia 16 de maio no Tempo em Portimão. O pianista McCoy Tyner, que tocou com o consagrado John Coltrane, vai atuar às 22:00 de 31 de julho, em Loulé, na Cerca do Convento.

A fadista Ana Moura, com concerto para dia 21 de agosto em Vale do Lobo, ou o cantor e compositor Rodrigo Leão, com espetáculo marcado para 11 de setembro no teatro das Figuras, em Faro, são outros nomes que vão passar pelo Allgarve 2010, programa que este ano conta com 90 eventos, um "record", se compararmos aos 65 espetáculos de 2009.

A quarta edição do programa Allgarve oferece eventos nos 16 concelhos algarvios, um dos objetivos traçados que foram concretizados, disse o secretário de estado do Turismo, congratulando a equipa de Augusto Miranda.

"Este Allgarve 2010 reflete bem a aposta do Governo, que era devolver o programa aos algarvios", declarou Bernardo Trindade, referindo que há mais eventos num período mais longo (de dez meses), e todas as entidades responsáveis no Algarve estão "emparceiradas".

Segundo Bernardo Trindade, este programa vai ser uma "ajuda importantíssima para o turismo da região", cujos números já apontam para um crescimento "ténue, mas um crescimento" para este ano.

O presidente do Turismo do Algarve, Nuno Aires, avançou hoje que o programa "Allgarve 2011 já está a ser trabalhado" e que a verba disponibilizada pelo Governo para os eventos vai ser de três milhões de euros, valor semelhante ao "Allgarve 2009" e deste ano.

Lusa

Pub