Inicio | Cultura | Lagos quer ter centro de interpretação com nome de Sophia de Mello Breyner

Lagos quer ter centro de interpretação com nome de Sophia de Mello Breyner

A Câmara de Lagos quer instalar na Ponta da Piedade um centro de interpretação com o nome da poeta Sophia de Mello Breyner, que passava férias naquela localidade algarvia, informou hoje o município.

Em comunicado, a autarquia refere que o objetivo do centro é ajudar “a comunidade residente, turística e escolar a conhecer melhor o ambiente natural desta zona”, através de visitas guiadas, ou apenas a partir de brochuras, ao mesmo tempo que homenageia uma das “mais diletas apaixonadas” de Lagos.

O projeto insere-se na requalificação da Ponta da Piedade, uma formação rochosa natural muito visitada, no âmbito de uma estratégia do município para promover o turismo de natureza, “atraindo maior número de visitantes, sobretudo na época baixa, contribuindo para atenuar os efeitos da sazonalidade e conferir mais estabilidade à economia e ao emprego”.

Segundo a autarquia, o processo de requalificação daquele local está já em fase de conclusão, depois de ter sido submetido a uma candidatura a fundos europeus o montante total de 2,4 milhões de euros, cujo apoio máximo, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional é de 60%.

“Com a candidatura submetida, pretende-se concluir o processo de requalificação da Ponta da Piedade, monumento natural e turístico único, assegurando a sua conservação e valorização, a melhoria das condições de acesso, conforto, segurança e informação aos turistas e visitantes”, lê-se no comunicado.

Sophia de Mello Breyner Andresen, falecida em 2004, nasceu no Porto em 1919, tendo-se destacado como uma das mais importantes poetas portuguesas do século XX.

Verifique também

Viviane edita em novembro disco de homenagem a Edith Piaf

A cantora Viviane edita em novembro um disco com versões de temas da cantora francesa …