Breves
Inicio | Sociedade | Lagos, Vila do Bispo e Aljezur vão criar “ponto estratégico” para combater fogos rurais

Lagos, Vila do Bispo e Aljezur vão criar “ponto estratégico” para combater fogos rurais

Foto © Filipe Farinha/Lusa

Os municípios de Lagos, Vila do Bispo e de Aljezur, vão instalar um “ponto estratégico” de prevenção e de combate aos fogos florestais, na proximidade da confluência do limite dos três concelhos, foi hoje anunciado.

Os meios humanos e materiais de vigilância e de combate a incêndios rurais vão ficar posicionados, durante a época de maior calor, num antigo edifício cedido pela Câmara de Lagos, denominado como ‘Casa dos Cantoneiros’, na zona do Espinhaço de Cão, no concelho lacobrigense.

A localização do imóvel, na proximidade da confluência do limite dos três concelhos que compõem a associação das Terras do Infante, “permite chegar mais rapidamente a cada um deles [municípios], o que justificou a escolha do local para o estacionamento dos meios”, indicou a Câmara de Lagos em comunicado.

O edifício, que se encontrava desativado, ficará sob a gestão da Terras do Infante, entidade a quem foi cedido o imóvel através de um contrato de comodato por um período de dez anos, renovável, e a quem caberá efetuar as obras de reabilitação e de adaptação para a instalação das brigadas de vigilância, prevenção e de combate aos fogos rurais.

Segundo a autarquia de Lagos, a cedência do imóvel “para facilitar as operações de prevenção e fazer face às necessidades de combate aos incêndios florestais, insere-se, igualmente, na estratégia em dar novos usos a edifícios que se encontram desativados e esvaziados das suas funções originais, evitando-se, por esta via, a degradação do património edificado”.

Verifique também

Colisão na EN124 fez ontem dois feridos graves e um ligeiro em Silves

Uma colisão entre dois veículos ligeiros na Estrada Nacional 124, em Silves, no Algarve, provocou …