Breves
Inicio | Sociedade | Lar de Idosos de Martinlongo terá 29 vagas comparticipadas pela Segurança Social

Lar de Idosos de Martinlongo terá 29 vagas comparticipadas pela Segurança Social

Foi assinado no passado dia 15 deste mês o Acordo de Cooperação entre o Centro Paroquial de Martim Longo e o Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social de Faro (CDSS), relativo ao Lar de Martinlongo.

O acordo contempla o limite máximo que a segurança social protocola com as Instituições Particulares de Solidariedade Social em casos similares e que corresponde a 80% das vagas. No caso do Lar de Martinlongo serão 29 vagas, das 37 existentes, a beneficiar de comparticipação financeira, o que irá permitir o acesso de membros de famílias mais carenciadas aos serviços que irão ser prestados pelo novo Lar de Idosos.

No ato as duas instituições estiveram representadas pelo presidente da direção do Centro Paroquial, organismo gestor do equipamento social, o diácono Albino Martins, e pela diretora do CDSS de Faro, Margarida Flores.

Presente esteve também o presidente da Câmara Municipal de Alcoutim. Para Osvaldo Gonçalves, “a assinatura deste acordo veio trazer uma maior justiça social no acesso aos serviços e cuidados que irão ser prestados no Lar de Martim Longo, permitindo, deste modo, que o investimento realizado na construção do Lar esteja ao serviço das famílias que mais necessitam”.

Recorde-se que o novo equipamento social implicou um investimento total de 1,2 milhões de euros inteiramente suportado pela autarquia que o cedeu, pelo prazo de vinte anos, ao Centro Paroquial de Martim Longo, através da assinatura de um contrato de comodato com a finalidade de desenvolver as valências de lar de idosos, centro de dia, centro de convívio, apoio domiciliário e apoio domiciliário integrado.

Verifique também

Estado vai apoiar o restauro da igreja de Alcoutim

A paróquia de Alcoutim assinou na passada terça-feira um acordo com o Estado, através da …