Pub

LegionellaPelo menos duas pessoas estão infetadas com a bactéria da legionella, nos hospitais do Algarve, disse ontem à Lusa fonte do Centro Hospitalar do Algarve (CHA).

De acordo com o CHA, há um caso identificado e relacionado com o surto de Vila Franca de Xira, de um doente que esteve na Unidade de Cuidados Intensivos, mas que “já se encontra no internamento em convalescença” no hospital de Faro.

“Este doente está clinicamente estável”, destacou.

O Centro Hospitalar do Algarve, que engloba os hospitais de Faro, Portimão e de Lagos, indicou que existe “um outro caso em investigação epidemiológica em Portimão, anterior ao surto” de Vila Franca de Xira.

A legionella, que provoca pneumonias graves e pode ser mortal, foi detetada na sexta-feira, dia 07 de novembro, no concelho de Vila Franca de Xira, tendo provocado até hoje 302 casos de infeção, havendo cinco casos de mortes confirmadas e quatro óbitos em investigação.

A doença do legionário transmite-se por inalação de gotículas de vapor de água contaminada (aerossóis) de dimensões tão pequenas que transportam a bactéria para os pulmões, depositando-a nos alvéolos pulmonares.

Pub