Pub

Contudo, a ministra do Ambiente alertou para a necessidade da coexistência equilibrada da espécie com a caça e a agricultura: o “grande desafio é conseguir uma compatibilização dos usos no mesmo território de forma equilibrada”.

O projeto, que está a ser desenvolvido em cooperação com Espanha, consiste na reprodução em cativeiro daquela espécie, com o intuito de inverter o seu processo de declínio e recuperar os núcleos que antes existiam.

Só este ano nasceram no centro de Silves 21 crias de lince ibérico (4 não sobreviveram), uma taxa de sucesso, já que na anterior época reprodutiva, que decorreu entre dezembro e março, nenhuma das crias sobreviveu.

Rúben Oliveira com Lusa
Pub