Pub

De acordo com uma fonte da autarquia, a Câmara Municipal de Portimão foi informada de que o estudo foi adjudicado em dezembro pelo Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos ao LNEC, que "avaliará os efeitos de hidrodinâmica do estuário do Rio Arade".

"A obra visa responder ao aumento das dimensões dos navios de cruzeiros e da crescente procura desta escala no Algarve", observou a fonte autárquica.

Além dos efeitos na hidrodinâmica, o estudo avaliará as infraestruturas marginais, a criação de um canal de navegação com 250 metros de largura e o seu aprofundamento para os 10 metros e o alargamento da bacia de rotação frente ao cais comercial dos atuais 300 metros para os 500 metros de diâmetro.

As obras de desenvolvimento do Porto de Portimão permitirão um crescimento das escalas e do número de passageiros, que, segundo a autarquia, poderão chegar aos 250 mil passageiros por ano, através da receção de navios com capacidade superior a 2.500 passageiros.

Lusa

Pub