Pub

“Embora a nossa dor seja mais viva aqui, é reconfortante ao mesmo tempo porque nos sentimos mais próximos da Madeleine”, lê-se num comunicado de imprensa enviado ontem à Lusa pela assessora do casal britânico, documento que está também colocado no sítio da Internet “Find Madeleine”.

Segundo a nota de imprensa, o casal deslocou-se até à Praia da Luz sexta-feira à tarde, depois de ter comparecido no Tribunal Cível de Lisboa para o julgamento relacionado com a providência cautelar imposta ao livro e DVD de Gonçalo Amaral, ex-inspector da Judiciária que investigou o caso do desaparecimento de Madeleine.

“Há dois anos que ansiava voltar aqui por razões pessoais e emocionais. Esta manhã estivemos na pequena e bonita igreja de Nossa Senhora da Luz. Encontramos calma e paz – um verdadeiro santuário”, declaram os pais de Madeleine McCann, acrescentando que se deslocaram também aos rochedos da praia.

O casal McCann pediu ontem aos jornalistas, no mesmo comunicado, para respeitarem a privacidade da família e da comunidade da Praia da Luz.

Madeleine McCann desapareceu dia 03 de Maio 2007 do quarto de um apartamento num aldeamento turístico na Praia da Luz, no Algarve, quando dormia com os seus dois irmãos gémeos.

Pub