Breves
Inicio | Sociedade | Mais acidentes na EN125 do que em 2011 mas número de mortos desceu quase para metade

Mais acidentes na EN125 do que em 2011 mas número de mortos desceu quase para metade

Segundo dados disponibilizados hoje à agência Lusa, o número total de acidentes registados naquela via que percorre longitudinalmente todo o Algarve, nos primeiros oito meses de 2012 – já depois da entrada em funcionamento das portagens na Via do Infante (A22), a 8 de dezembro de 2011 – foi de 672, contra 542 verificados no período homólogo de 2011.

Entre 1 de janeiro e 31 de agosto deste ano, registaram-se seis vítimas mortais (menos cinco do que em 2011), 19 feridos graves (mais cinco) e 249 feridos ligeiros (mais 59).

Durante os meses deste verão, de junho a agosto, registaram-se 308 acidentes, de que resultaram um morto, sete feridos graves e 120 feridos ligeiros.

Nos mesmos meses de 2011, as patrulhas da Guarda Nacional Republicana registaram 263 acidentes (menos 45 do que este ano), dois mortos (mais um) seis feridos graves (menos um) e 109 ligeiros (menos 11 do que no ano corrente).

O mês de 2012 com maior índice de sinistralidade foi agosto, com 130 acidentes, seguido de julho com 124 e março com 79, enquanto em 2011 o mês de agosto se ficou pelos 93 acidentes, julho teve outros 93 e o terceiro mês com mais sinistros foi junho, com 77 ocorrências registadas.

Os registos referem-se à quase totalidade da EN125, patrulhada pela GNR nos 157 quilómetros da EN125, de que se excetuam pequenos troços urbanos a cargo da PSP.

Lusa

Verifique também

Lagoa homenageou o padre José Nunes

O padre José Joaquim Nunes, de 78 anos, foi homenageado no passado dia 24 de …